tdia-banner2
Aplicar conhecimento científico e tecnológico para a construção de um modelo inovador, baseado numa integração coordenada e sustentável entre design contemporâneo e processos artesanais, tendo em vista o desenvolvimento de produtos com alto valor agregado, estabelecimento de inovação e aumento da competitividade.

1ª coleção - Desconstrução
2ª coleção - Transgressão
3ª coleção - Interfaces
4ª coleção - Retratos Iluminados
Avaliação de resultados e impactos do projeto “Tecnologia, Design e Inovação no Artesanato”

Metas

Ampliação de 5% do mercado dos produtos das Associações ao final de 2013, em 10% ao final de 2014 e em 15% ao final de 2015; Aumento de pelo menos 10% do valor médio dos produtos ao final de 2013, em 15% ao final de 2014 e em 20% ao final de 2015; Aumento da renda dos artesãos envolvidos em 20% ao final de 2014 e em 30% ao final de 2015; 6 Associações artesanais inseridas num mercado diferenciado, agregando aos seus produtos valor através de um design altamente qualificado.

Público

Seis micro e pequenos empreendimentos coletivos, envolvidos com atividades artesanais

Apoio

SEBRAE Nacional
Governo do Estado de Sergipe

Linha do tempo

05/2013

Início

01/2014

Atendimento
• Produção de um inventário material e imaterial para cada uma das localidades envolvidas no projeto;
• Produção de Diagnósticos de avaliação dos resultados e impactos do projeto;
• Produção de Análise técnica e mercadológica dos produtos confeccionados pelas organizações anteriormente às ações do projeto
• Produção de um diagnóstico sobre os novos mercados a serem atingidos;
• Elaboração de um Plano de ação considerando as necessidades de inovação técnica, conceitual e formal dos produtos, tendo em vista os novos mercados a serem conquistados;
• 156 Oficinas técnicas de desenvolvimento de produtos, envolvendo artesãos e designers;
• Mínimo de 10 novos produtos com alto valor agregado produzidos, por cada organização, ao longo do projeto;
• Inserção dos produtos dos artesãos em mercados promissores.

12/2013

Diagnóstico
• 17 diagnósticos foram gerados para cada uma das 17 organizações coletivas visitadas;
• 6 organizações coletivas foram selecionadas como beneficiárias do projeto situadas nos municípios de Paulo Afonso (BA), Poço Redondo (SE), Piranhas (AL), Pão de Açúcar (AL) e Poço Verde (SE).
• 147 artesãos beneficiados pelo projeto;
• Definição dos indicadores de resultados e impactos do projeto;
• Coleta de dados para definição da linha de base;
• Coleta de dados para produção do inventário do patrimônio material e imaterial das localidades envolvidas no projeto.