noticias
9/05/2014

Governo do Estado estimula a participação de alunos sergipanos em intercâmbio com a França

Via: SEDETEC/SE

Mobilizar professores e alunos do ensino médio para o aprimoramento da aprendizagem de ciências exatas e naturais, através de uma abordagem que explora a relação entre arte (sensibilização), ciência (método) e ecologia (meio ambiente). Esse é o objetivo do projeto “Arte com Ciência” que é realizado pelo Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI), em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria da Educação e da Universidade Federal de Sergipe (UFS), envolvendo alunos de escolas estaduais de Santa Luzia do Itanhy, Estância e Indiaroba.

Dentro das atividades realizadas pelo “Arte com Ciência”, durante o período de 24 de abril a 04 de maio, um grupo de jovens do colégio francês Lycée Edouard Herriot realizou um intercâmbio com alunos do Colégio Comendador Calazans, de Santa Luzia do Itanhy, com o intuito de produzir objetos educacionais, a partir de assuntos que fazem parte da grade curricular do ensino médio de ambos os países. O projeto é uma parceria entre o IPTI, a Cacimba de Cinema e Vídeo, o Colégio Comendador Calazans e o colégio francês. CONTINUE LENDO >>

27/03/2014

Vice-presidente do BID visita Sergipe e conhece projeto do IPTI

Via: SEDETEC/SE

Responsável por desenvolver soluções em áreas multidiciplinares no município sergipano de Santa Luzia do Itanhy, o Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI) - instituição de ciência, tecnologia e inovação, privada, com fins não econômicos, fundada em outubro de 2003-, parceiro da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), recebeu em sua sede, na última quarta-feira, 26, a vice-presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Julie T. Katzman.

Julie T. Katzman, veio ao Brasil para um evento na Bahia e aproveitou para conhecer o projeto do IPTI, que recebe apoio do BID na área de artesanato, demonstrando simplicidade, simpatia e interesse, sempre buscando se comunicar de forma descontraída com os envolvidos no projeto e comunidade local, apesar das barreiras idiomáticas. Após provar pratos típicos da região e suco de mangaba na beira do rio, ela se encantou com a biblioteca e a sede do IPTI. Fez questão de conhecer os artesãos e adolescentes que demonstraram suas produções, sempre questionando sobre suas famílias, estudos e objetivos futuros. CONTINUE LENDO >>

12/12/2013

Jovens sergipanos apresentam projetos durante Fórum Mundial de Direitos Humanos

Via: SEDETEC/SE  

O Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI), Organização Social que conta com o apoio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) - na área da ciência, tecnologia e inovação, está apresentando o resultados de 2 projetos desenvolvidos pela Instituição no município de Santa Luzia do Itanhy, durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos, que ocorre esta semana – de 10 a 13, em Brasília. A participação do IPTI neste Fórum partiu de um convite da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (SECIS), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). CONTINUE LENDO >>  

21/11/2013

Projeto sergipano recebe Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social

Via: SEDETEC/SE
 

O Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação, (IPTI), parceiro da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), recebeu o 1º lugar da categoria ‘Instituições de Ensino, Pesquisa e Universidades’ da 7ª edição do ‘Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social’. O Instituto foi premiado pelo projeto Hb, de combate à anemia ferropriva nas escolas, em cerimônia ocorrida em Brasília. A premiação é uma parceria entre a Fundação BB, a Petrobras, o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), a KPMG, Auditores Independentes e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).
 
O IPTI concorreu com 1011 instituições de todo Brasil e chegou à final, junto com três universidades e duas unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). “A intenção agora é reaplicar a tecnologia Hb, no maior número de municípios brasileiros possível, e tornar nossa tecnologia social desenvolvida, com o inestimável apoio da comunidade de Santa Luzia do Itanhy”, enfatiza o responsável pela área de relacionamento Institucional e Novos Negócios do IPTI, Saulo Barretto, reconhecendo a importância da comunidade para a positiva execução do projeto. CONTINUE LENDO >>
 

22/10/2013

IPTI obtém apoio da Fundação Lemann para projeto de educação

Via: Fax Aju

O Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI) teve uma proposta de Startup (micro empresas de base tecnológica), na área de educação, selecionada para apoio pela Fundação Lemann, cuja sede fica em São Paulo. Parceiro da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e qualificado como Organização Social pelo Governo de Sergipe, o IPTI foi criado em outubro de 2003 com o objetivo de desenvolver tecnologias sociais, numa abordagem sistêmica e evolutiva entre educação, saúde e economia criativa, integrando conhecimento científico e empírico, através de uma estratégia que associa arte,ciência e tecnologia.

Tendo como objetivo auxiliar a alfabetização de alunos do Ensino Fundamental I em português e matemática,através de uma tecnologia social que integra conhecimento neurocientífico,  sistemas informatizados de apoio à gestão e à aprendizagem e metodologia participativa de ensino, o Projeto Synapse utiliza um modelo neural acerca do aprendizado, resultado de pesquisas realizadas por membros da equipe do IPTI, nos últimos 15 anos. “Desde setembro temos participado de uma série de atividades promovidas pela Fundação Lemann e no final de 2013 faremos uma apresentação de nossa proposta final para uma comissão de avaliadores”, destaca Saulo Barretto, responsável pela área de Relacionamento Institucional e Novos Negócios do IPTI. CONTINUE LENDO >>